A SERRA VERDE EXPRESS

 

Sobre o Grupo Serra Verde Express

A Serra Verde Express é a empresa concessionária dos trens turísticos do Paraná que foi responsável pela reinauguração do trajeto ferroviário entre Itu e Salto, dando vida ao Trem Republicano.  

Muitos anos antes, mais precisamente em 1997, a Serra Verde foi criada com o objetivo de constituir um empreendimento para administrar o transporte de passageiros na centenária ferrovia que liga Curitiba a Paranaguá, no estado do Paraná. Até então, o serviço era gerido pelo Governo Federal, por meio da Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA).  

Pouco mais de oito anos depois, o roteiro que liga Curitiba ao litoral do estado foi considerado o segundo principal atrativo turístico do Paraná, ficando atrás apenas da cidade de Foz do Iguaçu. Assim, a Serra Verde Express seguiu cumprindo seu objetivo de trazer mais vida aos trilhos que percorrem a Serra do Mar e, com o tempo, mais conquistas foram surgindo ao longo do caminho.  

No início de 2007, a empresa conseguiu a renovação da concessão por mais 10 anos junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A possibilidade de continuar realizando um trabalho sério e comprometido com o turismo foi uma alegria imensa para os empresários Adonai Aires de Arruda, diretor-presidente da Serra Verde Express, e para seu filho, Adonai Aires de Arruda Filho, diretor da empresa. Ambos investiram muito tempo e dedicação para alcançar esse importante objetivo.   

O know-how adquirido com a operação dos trens no sistema Paranaguá-Curitiba instigaram a Serra Verde Express a abraçar uma nova empreitada no setor ferroviário: o lançamento do primeiro trem de luxo do país, o Great Brazil Express, em 2008.  

Para garantir o sucesso deste projeto, os empresários foram à Bélgica, na Europa, para firmar parceria com a Transnico International, uma das mais renomadas agências de turismo internacional, especializada em passeios ferroviários e viagens de incentivo.   

O trem de luxo tem três vagões temáticos: Copacabana, Foz do Iguaçu e o Curitiba. As Litorinas de Luxo se transformaram em um dos grandes atrativos da composição e seguem até hoje como as estrelas dos trilhos. Acompanhadas, claro, de outros vagões com decorações personalizadas e serviço de bordo exclusivo.   

Vagões 

Além das Litorinas de Luxo, os vagões da Categoria Boutique possuem uma série de diferenciais.  

O “Bove” é um vagão pet friendly, que possui uma ampla varanda e homenageia o veterinário Sílvio Bove, primeiro médico a fazer um transplante em um animal de estimação. O vagão “Guardiões do Marumbi” também possui varanda e presta homenagem a importantes montanhistas da história paranaense.   

O vagão “Barão do Serro Azul” leva o nome do famoso político e empresário do Paraná e possui varanda panorâmica durante o trajeto Curitiba-Morretes. Já o vagão Imperial, tem decoração que remete aos anos 30, com mesas, cadeiras e luminárias de época.   

O “Camarote”, como o nome já revela, possui cabines exclusivas, garantindo um passeio mais personalizado. O mais novo, o vagão “Carmen Silva Santos”, é o único do Brasil projetado exclusivamente para atender ao público com necessidades especiais e também conta com uma bela varanda.  

Além disso, o trem possui os vagões da classe Turística, que contam com poltronas estofadas e serviço de bordo, e da Econômica, mais indicada para quem pratica montanhismo e utiliza o trem como transporte.  

Novos desafios 

Ao longo dos anos, a expansão dos negócios de trens turísticos continuou. Entre maio de 2009 e fevereiro de 2015, a empresa operou o Trem do Pantanal, no Mato Grosso do Sul.  

A expertise e a seriedade da Serra Verde Express a colocaram novamente diante de outro projeto audacioso: a operação do Trem das Montanhas Capixabas, com a missão de fomentar o turismo da Rota do Sol e da Montanha, no estado do Espírito Santo.  

O Trem das Montanhas Capixabas, cujo nome foi escolhido por meio de votação popular, teve operação entre os anos de 2010 e 2015.  

Trem Republicano 

Finalmente, em 2020, com o objetivo de fomentar ainda mais o turismo ferroviário e atender ao desejo dos moradores e visitantes do interior de São Paulo, a Serra Verde promoveu a revitalização da ferrovia e inaugurou o passeio no trecho que liga as cidades de Itu e Salto.

Há três anos, as passageiras e passageiros do Trem Republicano desbravam os sete quilômetros da linha férrea histórica, avistando paisagens deslumbrantes e curtindo uma viagem no tempo entre o passado, presente e futuro.